terça-feira, 17 de junho de 2014

PARTIU






EU CHOREI
NA DESPEDIDA
NA HORA EM QUE VI
O TREM INDO EMBORA
QUANDO NAQUELA HORA
NA JANELA VOCÊ SORRIU
EU CHOREI
NA MADRUGADA VAZIA
NA SAUDADE EM QUE SENTIA
E NÃO TER PARA QUEM MINHAS
LÁGRIMAS AMPARAR
EU CHOREI
QUANDO O LUAR
BATEU NA MINHA JANELA
PERGUNTANDO POR ELA
E EU NADA PUDE RESPONDER
EU CHOREI
QUANDO LEMBREI
DE VOCÊ
DO SEU CORPO MACIO
DE SUA PELE AVELUDADA
DAS MADRUGADAS SEM FIM
ASSIM QUE EM MIM
VOCÊ COLOCAVA SEUS DESEJOS
EU CHOREI
PELAS FALTAS DE SEUS BEIJOS
PELA SAUDADE QUE EM MEU PEITO
BATIA
POR ESTAS NOITES VAZIAS
E LONGAS
EU CHOREI
QUANDO AMANHECEU
QUANDO O SOL ME DEU
AS LUZES DESTE AMANHECER
POIS ESQUECER
EU NÃO QUERO
E PARA SER SINCERO

EU JURO... SEMPRE VOU AMAR VOCÊ



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...