sexta-feira, 5 de setembro de 2014

ACASOS





O VENTO SOPROU DO NORTE
TROUXE AS ASAS DA MORTE
QUERENDO MEU CORPO ACARICIAR
DENTRO DA ALMA EXISTE
UM BRILHO FRIO
QUERENDO O MEU BRILHO APAGAR
SÃO OS ACASOS
DA VIDA
LEMBRANÇAS PERDIDAS
RECORDAÇÕES
QUERENDO REASCENDER
POIS ESQUECER
MEU CORAÇÃO NÃO QUER
ELE AMA ESTA MULHER
DENTRO DE SUAS FANTASIAS
QUE A MADRUGADA SE ACABE
E ME TRAGA A LUZ DO DIA
NESTE LINDO ALVORECER
QUE A MORTE ME DEIXE VIVER
A VIDA
POIS AS LONGAS AVENIDAS
ME TRAZEM VÁRIOS CAMINHOS
SÃO APENAS ESPINHOS
GRUDADOS SOBRE A FLOR
ASSIM É AMOR
QUANDO DEIXA O SABOR... DOS BEIJOS TEUS
SÃO OS ACASOS
CORAÇÃO AFLITO
VOZES QUE EM GRITOS
SE ESPALHAM PELA CASA
SÃO BRASAS
CINZAS LEVADAS PELO VENTO

O CÉU ESTA CINZENTO... VAI CHOVER.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...