segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

NO VERÃO PASSADO







O SOL BRILHOU
VEIO O AMANHECER
A CHUVA QUE CAIU
PAROU
SIMPLESMENTE
DEIXOU DE CAIR
E AS GOTAS QUE FICARAM
EVAPORARAM
SOBRE AS FOLHAS VERDES
QUERO MATAR MINHA SEDE
PRECISO DE UM BEIJO TEU
IGUAL AQUELE QUE ME DEU
NO VERÃO PASSADO
E O VENTO PASSA
BALANÇA A CORTINA
CONTRA A VIDRAÇA
DEPOIS VAI EMBORA
SÃO PONTEIROS
MARCANDO AS HORAS
QUE NÃO DEVIAM PASSAR
POIS A NOITE CHEGA
SOBRE A MESA
UM LIVRO ANTIGO
ENVELHECIDO
PELO TEMPO QUE PASSOU
E UMA ROSA SECA
ENTRE AS FOLHAS
FOI ESQUECIDA
FICOU ALI PERDIDA
SE DESFAZENDO
SE PERDENDO
ASSIM COMO EU
QUE VIVO DESTA SAUDADE
QUE ME DEU
POIS NADA MAIS RESTOU
TUDO SE ACABOU
NO VERÃO PASSADO
QUANDO AO MEU LADO
ESTAVA
SÃO MARCAS NESTA ESTRADA
DE UM CORAÇÃO

QUE DENTRO DO PEITO... DERRAPOU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...