sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

CAFÉ DA MANHÃ







OLHOS NA JANELA
E A BRISA SUAVE
VINDA DO MAR
SEUS OLHOS BRILHAM
COMO SE AINDA FOSSE
UMA NOITE DE LUAR
COPO SOBRE A BOCA
NESTA ANSIÁ LOUCA
QUE O DESEJO LHE DEU
QUEM SABE A NOITE
CHEGUE NOVAMENTE
E FRENTE A FRENTE
VOCÊ SORRIA
VOCÊ SE VEJA
DENTRO DOS OLHOS MEUS
QUER DENTRO DA MARESIA
ASSIM COMO A LUA
EM BRUMAS DESAPARECEU
SÃO CAFÉS DA MANHÃ
DANDO LHE O AROMA
E O SABOR
SÃO BEIJOS QUE SE PERDERAM
EM PERFUMES QUE A FLOR
AVIA DEIXADO
MAS O VENTO GELADO
APENAS PASSOU
O TEU CORPO SENTE ARREPIOS
FECHA A JANELA
E SE DEITA
VE O PINGO DO ORVALHO
ESCORRENDO PELA VIDRAÇA
MAS COMO DIZEM
É COMO A SAUDADE... LOGO PASSA.
VOCÊ ADORMECE
PENSAMENTOS EM PRECES
PEDEM PARA NÃO SONHAR
POIS SABE QUE ESTANDO LA
SERA O PARAÍSO
SABE QUE ESTARÁ COMIGO

EM MAIS UMA NOITE... DE LUAR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...