domingo, 8 de fevereiro de 2015

NA SOLIDÃO DO DESEJO







ACABOU
FOI O FIM DE TUDO
O CÉU ESTAVA UM VELUDO
A LUA SURGIU
FLUIU PELO ESPAÇO
LONGE DE TEUS BRAÇOS
MEU CORAÇÃO DISPAROU
DESCOMPASSOU
FEITO CORDAS DE UM VIOLÃO
DESAFINADO
A GRAMA ESTAVA MOLHADO
FOI A GAROA
QUE LHE MOLHOU
A FLOR ADORMECIA
FECHOU SUAS PÉTALAS
E IRIA ABRIR
SÓ QUANDO AMANHECIA
O DIA
E FOI NA SOLIDÃO DOS SEUS
DESEJOS
QUE MEUS LÁBIOS PROCUROU
OS TEUS
LA ONDE ESCONDEU
TODOS OS MEUS BEIJOS
SÃO SINAIS DO TEMPO
COISAS QUE O VENTO
CARREGA POR AI
E SEI QUE VAI SURGIR
EM NOITES DE LUA CHEIA
QUANDO PELA ESTRADA SERPENTEIA
A MINHA... IMAGINAÇÃO
SÃO CONTAS DE UM ROSÁRIO
DESFIADO PELOS DEDOS
SÃO SEGREDOS
QUE NÃO QUERES REVELAR
SÃO DESENCONTROS DE OLHAR
VAZIO

VENTOS FRIOS... QUE VEM DO MAR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...