sábado, 9 de maio de 2015

INFINITO








O AMOR ME LEVOU
AO PARAÍSO
DEPOIS QUE O BRILHO
DOS OLHOS TEUS
MINHA ALMA ASCENDEU
FEITO FOGUEIRA SANTA
FEITO CHAMAS QUE DANÇA
EM BRILHOS DE CRISTAIS
SÃO FIGURAS ORNAMENTAIS
PRESAS A UM PASSADO
SÃO VULTOS QUE AO MEU LADO
PASSAM DESPERCEBIDOS
SÃO AS CORES DO SEU VESTIDO
O BRILHO DO SEU BATOM
A MUSICA MARCANDO O TOM
O DESESPERO
SONHOS QUE O TRAVESSEIRO
GUARDOU
SÃO O BALANÇAR DA CORTINA
AQUELES OLHOS DE MENINA
QUE COMO A LUA BRILHOU
É O INFINITO
ECOS DE UM GRITO
CACHOEIRAS
QUE PELO ESPAÇO
DESPENCOU
SÃO AVES VOANDO
EMIGRANDO
EM BUSCA DO PARAÍSO
E EU AQUI INDECISO
PAREI NA CONTRA MÃO
SÃO FLORES QUE PELO CHÃO
BROTOU
É O INFINITO
ÉCOS DE UM GRITO
VAZIO
FRIO

SÓ O SILÊNCIO... FICOU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...