sexta-feira, 19 de junho de 2015

VIDAS





O QUE A VIDA LHE DEU
QUANDO SONHOU
EM AMAR
QUANDO DESEJOU
SER BEIJADO
E BEIJOU
QUANDO O TEMPO FOI
PASSANDO
QUANDO AS TARDES
FORAM MORRENDO
E A LUA
NO CÉU BRILHOU
QUANDO AS ESTRELAS
FORAM SURGINDO
SEGUINDO OS TEUS OLHOS
QUE DE LÁGRIMAS SE ENCHEU
E Ali mesmo chorou
SÃO SAUDADES
QUE ME DEU
VAZIOS SEM FIM
FORAM LEMBRANÇAS
E RECORDAÇÕES
QUE DEIXOU EM MIM
Foram os anos
Os desenganos
As promessas não cumpridas
As palavras que perdidas
Nada formou
São flores de abril
Perfumes que surgiu
Que pelo ar
Evaporou
O que a vida lhe ofereceu
Quando ao meu lado
Amanheceu
E entre os meus braços
Despertou
E então com um sorriso
Nos lábios
De felicidade chorou
E foi embora
Deixando aquela hora
Tudo para traz
São coisas da imaginação
São coisas que se desfaz
Dentro do coração
São desejos divinos
De doce prazer
São saudades que ficam
Que não se explicam
Por que assim... vai doer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...