segunda-feira, 19 de outubro de 2015

DESTINO





ERAM APENAS SONHOS
POEMAS QUE COMPONHO
PARA EM VERSOS RECITAR
ERAM CARTAS PERDIDAS
QUE A MUITO FORAM RELIDAS
E QUE O TEMPO DEIXOU APAGAR
ERAM AMANHECERES COLORIDOS
FLORES EM SEU VESTIDO
QUERENDO O MUNDO PERFUMAR
ERAM LÁGRIMAS E BRILHOS
FELICIDADE EM FORMA DE
SORRISO
FOLHAS SOBRE OS RIOS
QUE O VENTO VEIO APANHAR
ERAM DOIS OLHOS SE ENCONTRANDO
SONHOS REVELANDO
TORNANDO UM FILME
PARA NA TELA DO TEMPO PASSAR
ERAM BEIJOS ARDENTES
NOITES QUENTES
CHUVAS FINAS
LAMPADAS PELAS ESQUINAS
QUE AO AMANHECER
VIERAM SE APAGAR
ERAM O DESTINO
COISAS DE UM  MENINO
QUERENDO AMAR
ERAM AS LEMBRANÇAS CRESCENDO
TORNANDO ADULTA
QUERENDO POR AI SE ESPALHAR
ERAM APENAS NOS
QUE A SÓS
FOMOS ESQUECIDOS
SÃO SONHOS PERDIDOS
QUE EU SEI

JAMAIS... JAMAIS VÃO SE REENCONTRAR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...