sábado, 2 de janeiro de 2016

QUANDO SONHO





SOU COMO UMA CRIANÇA
QUANDO SONHA
E DESEJA
QUANDO DEIXA SOBRE A MESA
SEU BRINQUEDO FAVORITO
E DEPOIS DESCOBRE
O QUANTO É BOM AMAR
SOU COMO UM POETA
QUE TRAZ NO OLHAR
A LUZ DO AMANHECER
A LUZ DAS ESTRELAS
A LUZ DA LUA
E PELAS RUAS
ANDA SEM RUMO
TENTANDO ENTRAR NO PLUMO
SEM NADA ENTENDER
SOU COMO O VENTO QUE
PASSA
QUE SE DESPEDAÇA POR AI AFORA
SOU COMO UM RELÓGIO MARCANDO
A HORA
NO DESESPERO DE UMA SAUDADE
SOU NA VERDADE
UM RESTO DE SUA IMAGINAÇÃO
UM RETALHO QUE PELO CHÃO FOI
ESQUECIDO
SOU AS CORES DO SEU VESTIDO
QUE PENDURADO EM UMA CADEIRA
FICOU
SOU O REFLEXO DO ESPELHO
AS CORES DOS SEUS CABELOS

QUE PELO TRAVESSEIRO... SE ESPALHOU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...