domingo, 10 de julho de 2016

SAUDADE TEMPESTADE E DOR




A CHUVA FINA
BATE NA VIDRAÇA
BEIJA A CORTINA
E ULTRAPASSA
A PORTA ABERTA   
DE BAIXO DA COBERTA
A LÁGRIMA FRIA
ESCORRENDO PELO CORAÇÃO
VAZIO
QUEM SEM BRILHO
APENAS SE APAGOU
DENTRO DA ALMA SE FECHOU
E NA NOITE ESCURA
DESAPARECEU
FOI SE PERDENDO
ATE QUE COM AQUELA
ESTRELA
SE PERDEU
E MADRUGADA ADENTRO
MEUS PENSAMENTOS
ENTROU EM UMA TAL DE
SAUDADE
TORMENTA E DOR
POIS A FLOR MURCHOU
SE PERDEU E ALI MESMO... MORREU.
E A CHUVA FINA
BATENDO NA CORTINA
FOI SE ACALMANDO
DEIXANDO PEGADAS
PELA ESTRADA
EM FORMA DE PINGOS

QUE A FLOR... BEIJOU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...