quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

PÉTALAS E ESPINHOS






A SAUDADE
BRINCOU
COM MEUS SENTIMENTOS
FEITO ASAS AO VENTO
VOOU NA PERFEIÇÃO
DE SEUS DESEJOS
NÃO QUERO BEIJOS
NEM ABRAÇOS
SÓ QUERO QUE MEUS PEDAÇOS
VOLTEM PARA MIM
NESTE FIM DE ENTARDECER
QUE SEJA MEU
O BRILHO QUE A LUA ME DEU
NESTAS MADRUGADAS
POIS PELA ESTRADA
CAMINHO SEM DIREÇÃO
SÃO MINHAS ILUSÕES
QUERENDO SE APAGAR
ASSIM QUE AS ESTRELAS SE FOREM
E MORREREM ALÉM MAR
POIS EM MEU OLHAR
SÓ AS LÁGRIMAS CABEM AGORA
É COMO SE LA FORA A CHUVA VIESSE
A CAIR
SEI QUE VOU EVOLUIR
EM OUTRA DIREÇÃO
POIS MINHAS MÃOS
JAMAIS TOCARAM AS SUAS
SÃO FASES DA LUA
INTERFERINDO SOBRE OS OCEANOS
MEUS PLANOS
É FICAR SOZINHO NESTE MOMENTO
SOU EU E O VENTO
NA SOLIDÃO DO ESPAÇO
QUERENDO VOAR
SE MEU PALADAR NÃO COMBINA
COM O TEU
QUE SEJA ADEUS
AFINAL NADA FIZ
PARA MERECER SEU AMOR
ES COMO FLOR
PERDENDO SUAS PÉTALAS
ENQUANTO ME FERE COM SEUS ESPINHOS
SOU PÁSSARO SEM NINHO

LÁGRIMAS QUE BRILHAM... EM SEU OLHAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...