segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

ALÉM DESTE MAR







VOU TE BUSCAR EM UM CANTO QUALQUER
DESTA SAUDADE QUE FICOU
DESTE RIO QUE SE DESPEJOU MAR ADENTRO
DESTE PENSAMENTO QUE SÓ ME TRAZ TRISTEZA
DESTA INCERTEZA DO AMANHA
VOU NAVEGAR NESTAS ONDAS QUE SE LEVANTAM
POR CIMA DOS ROCHEDOS
VOU DESVENDAR TODOS OS SEGREDOS DESTE AMOR
VOU SER A COR DO OUTONO
OS POEMAS INACABADOS QUE  FICARAM PERDIDOS POR AI
VOU SURGIR DIANTE DOS TEUS OLHOS
COMO UMA LUZ QUE NÃO SE APAGA
VOU CRIAR ASAS E VOAR
VOU SER O LUGAR ONDE VOCÊ DESCANSA
VOU TE DAR ESPERANÇA DE UM SONHO MELHOR
VOU SER O VENTO QUE VEM
E QUE LEVA A ALGUÉM SUA MÃOS INVISÍVEIS
SÓ PARA TE ACARICIAR
SÓ NÃO ME VENHA COM LAMENTAÇÕES
DEIXE QUE AS ESTAÇÕES MUDEM
QUE AS FASES DA LUA SE TRANSFORMEM
ALÉM DESTE MAR QUE A TUA ILUSÃO CRIOU
POIS SOU APENAS UMA FENDA EM LENDAS
QUE NÃO SE APAGOU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...