sábado, 22 de abril de 2017

DEPOIS DESTA SAUDADE







ME DEIXEI
SER LEVADO
PELA BRISA
QUE VEIO DO MAR
POR AQUELE LUAR
QUE BRILHA
LA FORA
PELO VENTO QUE AGORA
MINHAS ASAS
LEVA POR AI
POIS MINHA CASA
VI CAIR
ASSIM QUE A SAUDADE
CHEGOU MANSAMENTE
ERA COMO UMA SEMENTE
CRESCENDO DENTRO DE MIM
NESTE TRISTE FIM
DE MADRUGADA
AS POÇAS DE ÁGUA
PELA CALÇADA
REFLETIA AS ESTRELAS
QUERENDO SE APAGAR
ERAM LÁGRIMAS EM MEUS
OLHOS
QUERENDO BRILHAR
ERAM RECORDAÇÕES
QUE NÃO TINHAM FIM
ERAM DE DENTRO DE MIM
QUE VINHA ESTA TRISTEZA
POIS COM CERTEZA
EU SEI

NUNCA MAIS IRIA... TE ESQUECER.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for blogspot, Blogger...